7 Modelos de negócio lucrativos e de baixo investimento

Posts

Novos empreendedores surgem a todo momento, assim como os diversos modelos de negócios que tem se destacado no mercado. No entanto, investir em um novo negócio nem sempre é fácil e o principal obstáculo é ter o capital necessário para investir. Pensando nisso, a seguir estão 7 modelos de negócio muito lucrativos e o que é ainda melhor, com pouco investimento.

  1. Confecção de bijuterias: Para algumas pessoas, confeccionar bijuterias pode ser uma boa renda extra, mas para outras que tem uma visão de negócio, esse é um modelo de negócio muito lucrativo com baixo investimento. Só é preciso comprar um pouco de matéria prima, aprender um pouco sobre como confeccionar – hoje em dia tem muitas aulas técnicas de confecções e vídeo aulas na internet – e saber como expor seu produto. Uma boa maneira de obter lucros com esse modelo de negócio é montar um pequeno mostruário e levar para algumas lojas que trabalham com bijuterias, dessa forma o empresário poderá tornar-se fornecedor daquele estabelecimento.
  2. Salão de beleza: Um modelo de negócio que está expandindo cada vez mais e faz o maior sucesso por alcançar um grande público, além de ter um baixo custo de investimento. Se o empresário tem pouco capital para investir, ele pode optar por abrir o salão de beleza em algum espaço da casa, essa possibilidade torna esse negócio até mesmo mais flexível. O salão pode oferecer serviços de corte, alisamento, penteado, hidratação para o cabelo, e também serviços de manicure, pedicure e depilação. A demanda de clientes para esse modelo de negócio é sempre grande, sendo um dos principais motivos para abrir um salão de beleza.
  3. Loja virtual de nicho: Quem está por dentro das tendências de mercado sabe que o melhor lugar para vender algo é na internet. Os custos iniciais para esse negócio são baixíssimos, sendo eles, com o produto que pretende vender e com o domínio do site de venda (para esse último, ainda há a possibilidade de usar um domínio gratuito como é oferecido por sites como: Wix, Webnode, Yola, entre outros). A dica principal para esse negócio é escolher apenas um nicho – categoria – e se especializar nele. Isso porque um site que entende muito do seu produto, na maioria dos casos, vende mais que um site que tem produtos de diversos nichos sem um aprofundamento em cada um deles. Além da possibilidade de conseguir parcerias com sites que abordem o mesmo nicho, sendo assim fica ainda mais fácil para expandir o negócio.
  4. Food Truck: Este é um mercado que expandiu muito nos Estados Unidos e está conquistando muitos empreendedores brasileiros. Com esse negócio é preciso diversificar o produto, pois as comidas de ruas além de ter que serem saborosas, precisam ser também chamativas para destacar-se da grande concorrência. O investimento para esse negócio costuma ser baixo, hoje em dia tem pessoas que abrem um food truck até mesmo com uma bicicleta, então só é preciso muita criatividade e força de vontade.
  5. Uber: Para quem já tem um carro dentro das especificações do Uber, esse modelo terá pouquíssimo investimento. O melhor desse negócio é que além de ser motorista particular, fazer seus horários e dias de trabalho, também é possível expandir para uma frota de motoristas particulares, o que poderá ser ainda mais rentável.
  6. Maquiagem: Este é um mercado que está sempre em alta, a respeito disso vemos a quantidade de blogueiras que tem surgido e que vivem apenas de seu blog sobre maquiagem. Com baixo investimento, é possível montar um atendimento para fazer maquiagem em casa. A clientela desse mercado é muito grande, então vale equilibrar um serviço de qualidade com um preço justo para ter clientes fiéis. Outra forma de atuar é a citada anteriormente, vivendo de blog e de vídeos no youtube, sendo para essa alternativa, necessário ter desenvoltura e alguns conhecimentos que hoje em dia também é encontrado facilmente na internet.
  7. Mercado digital: Os investimentos para esse negócio são os menores possíveis, podendo ser quase inexistentes. Porém não é esse fato que torna o mercado digital um mercado cada vez mais em alta e o modelo de negócio mais adotado nos últimos tempos. Os produtos digitais, além de muito rentáveis, são fáceis e práticos de trabalhar, pois não necessitam de espaço físico para armazenar, nem mesmo para vender. Para atuar nesse modelo, há possibilidades de afiliações em algumas plataformas como a Hotmart, Lomadee, entre outros, além da criação de produtos digitais como e-books, artigos de conteúdo, que podem ser vendidos para essas e outras plataformas.