Dicas para abrir um negócio em casa

Posts

Nem todo trabalhador se ajusta ao modelo de emprego convencional, por isso muitos buscam alternativas para abrir um negócio. Uma forma econômica de empreendimento é o home office, que dispensa o aluguel de uma sala comercial e custos de transporte. Na maioria dos casos, basta ter um computador com acesso à internet, um telefone e uma mesa. Os serviços podem ser prestados remotamente, como vendas de ecommerce, consultoria e representação comercial.

Veja a seguir algumas dicas para montar um negócio de sucesso em casa e como se adaptar à nova rotina.

Tenha uma jornada de trabalho

Quem atende clientes deve atua no horário comercial, da mesma forma que funcionaria em um escritório convencional. Para alguns tipos de serviço, é possível ter certa flexibilidade, como em projetos de design ou produção de textos. Porém, é necessário ter disciplina e organização para cumprir as metas e não se distrair com outras tarefas. O ideal é montar um cronograma com as horas a serem trabalhadas em cada dia da semana. O controle de horários também impede que o empreendedor misture a vida pessoal com o trabalho, tendo uma produção ineficaz.

Adapte-se ao ambiente

Nem todo segmento é adequado para o home office, principalmente se for necessário receber clientes. Afinal, o ambiente é doméstico e utilizado por outras pessoas da casa. De acordo com o site PEGN, o ramo de produção de alimentos exige que algumas normas sejam obedecidas, principalmente de higiene. Para quem reside em apartamento, é preciso verificar as normas do condomínio e se há alguma exigência especial para a regulamentação da atividade.

Além disso, o espaço deve ter o mínimo de ruídos e interferências possíveis. Os familiares devem compreender que, embora o empreendedor esteja em casa, não pode interromper seu trabalho para fins de entretenimento. Evite deixar o televisor ligado, é muito fácil se distrair no home office.

Controle as finanças

Um erro muito comum é misturar as despesas pessoais dos custos da empresa. As contas devem ser organizadas para que o empreendedor saiba quais são os gastos de seu negócio. Da mesma forma, é possível saber o lucro obtido e analisar a saúde financeira da empresa.