Empresa japonesa com preços populares, se instala em um luxuoso shopping de São Paulo

Posts

daiso-com-fila1855

A famosa empresa que se consagrou vendendo produtos a menos de R$ 10 cada, acaba de inaugurar uma loja no Shopping Cidade Jardim e estará situada entre grandes nomes, como

Ralph Laren, Dior e Chanel. A famosa varejista Daiso pretende com isso conquistar este mercado com o objetivo de até 2020 expandir uma faixa de investimentos na casa de R$ 50 milhões e mais 40 pontos com o seu nome. A Daiso é uma das muitas lojas famosas por vendas de produtos bem populares e de baixo poder aquisitivo instalada no centro de São Paulo na Rua Direta.

Cerca de 40% de nossos lançamentos deverão acontecer em shopping ou centros de compra para consumidores de classe A”, explica o gerente-geral da Daiso aqui no Brasil Reginaldo Paulista. Afirma Reginaldo que os responsáveis pelo shopping havia demonstrado interesse e convidaram eles a se instalar entre as demais lojas.

Foram eles que nos procuraram. A gente já opera uma unidade no Shopping Tucuruvi, que é da mesma gestora da Cidade Jardim, e eles perceberam o potencial da marca para trazer clientes”, diz Reginaldo. Segundo a gerência do Shopping Cidade Jardim, existe um grande potencial na variedade e como isso é feito pela loja. Eles conseguem cativar muito os clientes com uma forma inédita e um portfólio extremamente variado com produtos de seu seguimento.

A Daiso se consagrou aqui no Brasil com um total de 22 lojas operando e ao redor do mundo todo contabilizam um total de 4,5 mil lojas abertas. A empresa pretende mergulhar entre as luxuosas marcas que são destaques nos grandes shopping aqui do Brasil e junto a eles atingir esse mercado com força.

Cerca de 40% das novas lojas vão acontecer em pontos de consumidores com maior poder aquisitivo”, afirma o gerente que também anuncia a abertura de uma outra loja no Shopping Maia, localizado em Guarulhos, até o mês de junho. “Estamos negociando com outras redes para este ano ainda”, explica o gerente

Segundo Eduardo Terra, presidente da “Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo” (SBVC), é mais do que normal a Daiso se instalar em um shopping de luxo e vender produtos populares continuando com sua linha de seguimento. “O momento atual é perfeito para as lojas que normalmente operam em rua entrarem em shoppings”, afirma Terra.

Segundo Terra, pouco importa a classe social ou o poder aquisitivo do cliente, quando ele procura utensílios simples de uso cotidiano para levar pra casa, ele não fara muita questão de marcas luxuosas e o simples fato da Daiso estar ali presente facilita sua busca. Ele então passa a ser um cliente como qualquer outro. “Com uma boa curadoria, essas lojas fazem sucesso entre consumidores das classes A a E” diz Terra.