Flytour utilizou o período de recessão para se firmar ainda mais no mercado

Posts

Quando um país atravessa uma grave crise econômica em seu território, normalmente os seus habitantes cortam gastos desnecessários. Mas a Flytour Viagens usou esse período de crise para aumentar os seus negócios.

A empresa soube como usar esse período recessivo no Brasil para aumentar seus negócios, e se firmar no mercado nacional. Para Michael Barkoczy, presidente da empresa, o período de recessão no Brasil, foi bom para os negócios da Flytour, já que  os brasileiros aprenderam a viajar.

Antes da crise econômica, o turista brasileiro aproveitava as suas viagens para fora do país para realizar diversas compras. No momento de crise, o turista do país não gasta mais tanto dinheiro e faz passeios, aproveitando as atrações turísticas existentes.

Dessa forma o turista acaba economizando mais e acaba promovendo novos ganhos para as agências de turismo, completa ainda Michael Barkoczy.

Outro recurso que a empresa utilizou nesse período de crise, foi realizar feirões de negócios. Conhecido como Hiper Feirão de Viagens, eles contam com cerca de quatrocentos agentes de viagens parceiros e que negociam produtos da empresa, além de hotéis e companhias aéreas. Esses feirões acontecem durante os finais de semana e em grandes locais.

Apresentando diversos eventos para atrair famílias inteiras, esses feirões contam com praças de alimentação, personagens fantasiados e outros atrativos, onde consumidores podem aproveitar para comprar pacotes de viagens com preços mais atraentes.

Michael Barkoczy disse que esses eventos trazem oportunidades para os consumidores aproveitarem os finais de semana com a sua família, já que a entrada é gratuita e os descontos podem chegar até 50%, que são bem atrativos em períodos de crise econômica.

Até o momento já foram feitos quatro desses feirões, nas cidades paulistas de Campinas e Santos, com a presença de cerca de 120 mil pessoas. De todos esses visitantes, cerca de 50% deles fizeram negócios com a empresa, apresentando um tíquete médio entre 1.800 a 3.000 reais por cada consumidor.

De acordo com o presidente, esses feirões não visam apenas consumidores de classes baixas e médias, já que os valores apresentados pelo tíquete médio foram altos. Os consumidores das classes mais altas também gostam de comprar os seus pacotes de viagens com descontos.

A Flytour Viagens por ser uma operadora de turismo, ela trabalha como um atacadista do setor turístico. A empresa negocia quartos de hotéis e passagens aéreas em quantidade, conseguindo dessa forma valores mais baixos.