Marcio Alaor, do BMG, noticia que o comércio mundial deve crescer apenas 2,4% em 2017

Posts

Segundo a OMC, o comércio global deve ter um crescimento de 2,4% este ano. Para 2018, as projeções da entidade indicam que a evolução econômica global deve ficar entre 2,1 e 4%.

Nesta quarta-feira, dia 12 de abril de 2017, a OMC (Organização Mundial do Comércio) afirmou que o comércio global deve apresentar um crescimento de 2,4% este ano. Contudo, como noticia o executivo do Grupo BMG, Marcio Alaor. segundo a própria OMC, as incertezas relativas ao campo econômico e político, especialmente nos Estados Unidos, maior potência econômica do mundo, geram algumas imprecisões nas perspectivas da economia internacional.

Nesse sentido, o brasileiro Roberto Azevêdo, atual diretor-geral da OMC, destacou que as políticas econômicas da nova gestão política dos EUA, comandada pelo presidente Donald Trump, precisam ser mais claras. O brasileiro também pediu a todos os países para resistirem à ideia de políticas econômicas protecionistas.

Ele ressaltou ainda que, quando forem concluídos os processos eleitorais em alguns países que têm grande relevância na economia mundial, como a França, os investidores deverão encontrar um cenário econômico mais previsível. Enquanto isso, a OMC e os comércios mundiais precisam continuar tomando medidas que fortaleçam o sistema econômico, fazendo mais reformas e lutando contra a construção de barreiras que dificultam o comércio.

Marcio Alaor, do BMG, reporta que o diretor-geral da OMC disse também que o comércio deve ser visto não como um problema econômico, mas sim como uma das soluções para as dificuldades financeiras. Em relação à evolução do comércio global em 2017, Azevêdo ressaltou que existem motivos para o mercado ter um otimismo cauteloso, mas o crescimento ainda é pequeno e incerto e é inegável que existem alguns riscos que pesam para o lado negativo.

Em setembro de 2016, a evolução da economia global prevista pela OMC para 2017 estava entre 1,8 e 3,1%. De acordo com os dados divulgados nesta quarta-feira, esse intervalo agora está entre 1,8 e 3,6%. O executivo do BMG, Marcio Alaor cita que, nos últimos anos, a organização tem feito diversas revisões nas estimativas de crescimento do comércio internacional. O empresário do Banco BMG informa que isso tem acontecido por que as projeções relativas à recuperação econômica mundial quase sempre estão sendo feitas de maneira mais otimista do que o que mostra a realidade.

Um bom exemplo disso aconteceu no ano passado. Mesmo tendo sido revisada, a previsão para o crescimento da economia mundial em 2016, apresentada pela OMC em setembro daquele ano, mostrava uma elevação de 1,7%. Todavia, os números reais foram bastante inferiores, já que o crescimento foi de apenas 1,3%, o que representou o pior crescimento desde a crise financeira.

Em relação ao resultado de 2016, Marcio Alaor, executivo do BMG, noticia que o diretor-geral da OMC disse que o desempenho abaixo do esperado foi reflexo do baixo ritmo de crescimento dos mercados emergentes, principalmente porque, em muitos desses mercados, as importações ficaram praticamente estagnadas, o que fez com que a evolução econômica fosse quase insignificante.

O executivo BMG, Marcio Alaor, conclui reportando que, no que se refere à projeção de crescimento da economia mundial para 2018, a última avaliação da OMC apontou que ela deve ficar entre 2,1 e 4%, o que, segundo alguns especialistas na área econômica, pode ser considerado algo modesto.