Copa Star inaugura sua ala cirúrgica

Posts

A primeira cirurgia realizada no Copa Star foi feita pelo cirurgião Cid Pitombo. Ele fez uma cirurgia bariátrica (conhecida popularmente como redução do estômago) em uma mulher de 40 anos e pode contar com toda a estrutura de um hospital de primeiro mundo. O procedimento de videolaparoscopia é pouco invasivo e levou apenas 40 minutos. A paciente passou bem durante o procedimento e está se recuperando bem.

O médico Cid pitombo está bastante satisfeito em fazer parte da equipe médica do hospital e poder contar com uma tecnologia de última geração para realizar seu trabalho. Ele é bastante conhecido pelas celebridades e já operou os atores Leandro Hassum e André Marques. O cirurgião acredita que o hospital é o sonho de consumo de muitos médicos do país e do o mundo. Cid Pitombo é conhecido internacionalmente como especialista em cirurgia bariátrica e é o idealizador do Programa Estadual de Cirurgia Bariátrica que atende em torno de 40 pacientes por mês no Hospital Estadual Carlos Chagas, no Rio de Janeiro.

Luxo, requinte e sofisticação, assim é o Copa Star. Com aparência de um luxuoso hotel, decorado por várias obras de arte, aroma delicado no ar e arquitetura arrojada que proporciona luz natural ao ambiente, é digno de receber figuras muito ilustres.

Inaugurado em outubro de 2016, o Copa Star é um empreendimento hospitalar da Rede D’Or São Luiz e está localizado na cidade do Rio de Janeiro, em Copacabana. Sua construção teve início em 2013 e foram investidos mais de 400 milhões de Reais para deixar a obra pronta. O hospital possui 7 andares com corredores espaçosos e conta com uma ala exclusiva para a movimentação de macas e funcionários.

É um hospital perfeito para clientes exclusivos que não abrem mão da qualidade no atendimento e de um ambiente seguro. O hospital é totalmente equipado com o que há de mais moderno da área de TI,com centros cirúrgicos híbridos, onde cirurgias e exames podem ser feitos simultaneamente, além de contarem com medicina robótica e telemedicina.

Nos quartos o paciente pode contar com Ipads para verificar seus exames, falar com os médicos, controlar o fechamento das cortinas, a iluminação, a posição da cama e até a temperatura do ambiente. Tudo no Copa Star foi feito visando o conforto do paciente e de sua família, extirpando de sua mente a ideia de confinamento dos hospitais tradicionais.

Os amigos e familiares podem ficar tranquilos pois o horário de visitas é estendido e o paciente pode ter acompanhante durante todo o tempo em que estiver hospedado no Copa Star. Além disto, também podem usufruir de um restaurante requintado e um cardápio bem elaborado.

O paciente pode contar com um atendimento profissional personalizado, eficiente, ágil e humanizado.

Os médicos realizam simulações de treinamento a fim de estarem preparados para todo tipo de procedimentos e emergências.

O hospital da capital Fluminense é a 31ª unidade hospitalar do grupo D’Or e a intenção é levar novas unidades com o mesmo requinte e sofisticação para outras capitais do Brasil.