Rodrigo Terpins informa sobre a criação de um novo serviço de entrega da Amazon

Posts

Image result for amazon key

A Amazon, uma das maiores redes varejistas do mundo com foco no comércio online, não para de se atualizar com a intenção de melhorar cada vez mais a experiência dos clientes com a marca. Como exemplo disso, no final do do ano de 2017, a empresa anunciou um novo serviço revolucionário, o “Amazon Key”, cujo intuito será permitir que os entregadores da marca possam entrar nas casas dos consumidores para fazer as entregas nas ocasiões em que não tiver ninguém na residência para recebê-los, reporta o empresário Rodrigo Terpins.

No processo de idealização desse serviço, um dos tópicos mais discutidos pela Amazon foi em relação a segurança dos consumidores. Desse modo, para ter a certeza de que está realizando uma entrega 100% segura, a marca desenvolveu um sistema para filmar todo o processo da entrega ao vivo, o qual será gravado pela ferramenta Amazon Cloud Cam.

Image result for amazon key

Em um primeiro momento, a empresa informou que o Amazon Key será disponibilizado apenas para aqueles que já são clientes Amazon Prime, por um valor aproximado de US$ 250 dólares, o qual é necessário para a compra e a instalação da câmera de monitoramento, assim como a fechadura especial utilizada por esse serviço, noticia Rodrigo Terpins.

Com a tecnologia desenvolvida no Amazon Key, assim que o entregador chegar na residência dos clientes, será escaneado um código de barras específico de cada casa, para que assim a ferramenta inicie automaticamente as gravações desse processo, o qual será enviado em tempo real para o smartphone dos clientes, que deverão aprovar a entrega e desativar um botão que destrancará a porta.

Para minimizar possíveis problemas, caso alguém esteja dentro da residência, o entregador tocará a campainha e baterá na porta antes de dar início ao processo de entrada no local, informa Rodrigo Terpins. Por razões óbvias, a Amazon não indica essa modalidade de serviço para os consumidores que possuem animais circulando livremente pela casa.

Com esse serviço, o principal intuito da marca é atrair os consumidores que trabalham o dia inteiro e não podem receber as encomendas em casa, reporta Rodrigo Terpins. Há algum tempo, nesses casos, muitos clientes permitiam que as encomendas fossem deixadas ao lado de fora das residências, mas os aumentos nos índices de roubo levaram muitos consumidores a desistirem dessa opção.

Segundo o vice-presidente da Amazon Delivery, Peter Larsen, inicialmente, o serviço será implantado em pouco mais de 30 cidades dos Estados Unidos, que são as cidades onde a empresa já era a encarregada de entregar as encomendas comercializadas no site. No restante do país, a Amazon possui atualmente contratos em vigor com transportadoras terceirizadas.

Futuramente, a Amazon planeja permitir a integração do Amazon Key com vários serviços já oferecidos em domicílio pela empresa. Dessa maneira, os clientes que assinarem o Amazon Key teriam um acesso mais fácil a serviços como o Marry Maids e o Rover.com, que dizem respeito, respectivamente, a contratação de alguém para a realização de tarefas domésticas e um serviço de passeio com animais de estimação, noticia Rodrigo Terpins.